TORTA DE FRUTAS VERMELHAS COM DOCE DE LEITE E GANACHE DE CHOCOLATE MEIO AMARGO


Essa torta é um sucesso de público! Bonita e um absurdo de gostosa!


A base é simples de biscoito de maisena e manteiga. A estrela é mesmo a combinação escandalosa do recheio: doce leite + frutas vermelhas + chocolate meio amargo. Ui!


Equilibrada, aproveitando a simplicidade dos sabores puros. O que, para mim, é o funciona em relação à comida.


Para mim, é sempre: simplicidade = perfeição.


E é por isso que sou tão apaixonada por sobremesas que usam frutas como astros principais. Já vem perfeitas da natureza, não precisam de muito para brilhar. E como são bonitas!


Estou cada vez mais convencida de sou MESMO apaixonada por comida. Acho bonita, romântica, fico namorando. Enfim, me emociona.


Como não se emcionar com uma tortinha dessas na mesa, servida na louça branca e clássica?


Na vida, além da comida e gastronomia, só mesmo a música para me provocar tanta emoção. São sensibilidades diferentes a serem atividades, mas a verdade é que nem tão diferentes assim...


Ambas evocam lugares e recônditos lá dentrooo e me fazem emocionada.


Sábado, por exemplo, fui ao show histórico da turnê de despedida do Buena Vista Social Club. E eu não lembro de ter me sentido tão emocionada em qualquer outro show na vida.


Anos atrás, quanto assisti o documentário que mostra a formação da banda em Cuba, que depois ganhou o mundo, o primeiro show no Carnegie Hall em Nova Iorque, a personalidade daqueles músicos cubanos, já chorei. Como um bebê. Quem tiver interesse por música - qualquer tipo de música, pre-ci-sa assistir a esse documentário! Não irá se arrepender. Um clássico que merece o título mil vezes. Arte musical mais lição de vida.


Da formação original, apenas alguns dos integrantes ainda estão vivos... Mas basta: ver o Señor Barbarito Torres tocando o alaúde nas costas, ver Omara Portuondo entrando no palco firme e forte, andando devagarzinho, mas soltar a mesma voz e até dançar uma rumba com Papi Oviedo me deixou com lágrimas nos olhos, apesar da pura diversão e animação que foi o show. Como deve ser a música caribenha.


E viva a música! E sua renovação ao lado dos clássicos de ontem e sempre!



TORTA DE FRUTAS VERMELHAS, DOCE DE LEITE E GANACHE DE CHOCOLATE MEIO AMARGO


BASE:

150 g de biscoito maisena

70 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente (mas não já começando a derreter, apenas não mais gelada nem muito dura de manusear - tire da geladeira e vá observando)


GANACHE:

200 ml de creme de leite fresco

400 g de chocolate meio amargo


RESTANTE DO RECHEIO:

300 g de doce de leite cremoso

1/2 copo de leite


frutas vermelhas frescas a gosto (como sou exagerada, usei 500 g de morangos, 3 caixinhas pequenas de framboesas, 1 caixinha pequena de amora e 0,5 caixinha pequena de mirtilos), lavadas (morangos cortados em fatias, alguns inteiros para decorar).



Triture os biscoitos no processador ou manualmente.


No segundo caso, coloque os biscoitos dentro de um saco (de plástico ou de papel grossinhos) e feche-o bem. Se não for hermético, dê um nozinho na ponta ou segure-a bem firme para que ele não se abra e dê boas bordoadas por cima com um martelinho ou qualquer instrumento pesado da sua cozinha.


Quando virarem uma farofinha (não totalmente pó), misture-os com a manteiga, usando as pontas dos dedos, só até virar uma massinha homogênea. Se for preciso, coloque um pouquinho mais ou um pouquinho menos de manteiga para dar o ponto.


É importante não mexer mais do que o necessário e nem "meter a mão toda na massa" porque o calor faz com que a manteiga derreta e fique muito mole, desandando a massa.


Forre uma forma de torta com uma camada fina da massa, fundo e laterais (usei uma redonda de 20 cm). Leve a forma com a massa à geladeira por pelo menos uma hora, ou até que fique bem firminha.


Após, asse em forno pré-aquecido a 180 graus por aproximadamente 10 minutos (varia de forno para forno), só até ficar durinha.


Retire do forno e espere esfriar.


- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -


Enquanto isso, prepare a ganache: pique bem o chocolate com uma faca (eu preciso até ir tirando lasquinhas com a faca para ficar bem fininho).


Leve o creme de leite fresco ao fogo baixo até que comecem as primeiras bolhinhas de fervura.


Desligue o fogo e coloque o chocolate já picado na panela. Tampe e deixe derreter por 5 minutos. Após, tire a tampa e misture delicadamente com uma espátula (reta é mais fácil), bem devagar, para não incorporar ar na mistura (o que vai gerar bolhinhas na ganache, que você não quer).


- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -


Para que o doce de leite fique numa consistência melhor e não tãaao doce, numa panela em fogo brando, dissolva-o em 1/2 copo (100ml) de leite, mexendo.


- * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * -


Hora de montar a torta:


primeira camada: doce de leite


segunda camada: frutas vermelhas (reservando mais ou menos 1/3 - ou como for de sua preferência - para decorar - opcional)


terceira camada: ganache de chocolate



Se não for servir imediatamente, leve à geladeira e, somente na hora de servir, coloque a segunda camada de frutas (sim, sou obcecada por frutas vermelhas) por cima de tudo.


Buena Vista Social Club no Carnegie Hall - formação original





#torta #frutasvermelhas #ganache #chocolatemeioamargo #docedeleite #sobremesa #frutas

© 2014 por Abuela Juana. Orgulhosamente criado com Wix.com